Janaína Paschoal afirma que depoimento de Valeixo foi “completamente favorável ao presidente” e que “crime, ao que tudo indica, não há”


A deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP) afirmou que o depoimento prestado por Maurício Valeixo, ex-superintendente da Polícia Federal, na última segunda-feira, 11, foi “completamente favorável ao presidente da República”.

Durante a fala de Valeixo, ele afirma que não pediu demissão do cargo, mas recebeu uma ligação do presidente Jair Bolsonaro para avisar que seria exonerado “a pedido”. Bolsonaro perguntou a Valeixo se ele estava de acordo e o ex-superintendente afirmou que sim.

Além disso, Valeixo ainda afirmou que nunca houve tentativa de Bolsonaro de obter informações da Polícia Federal.

“O depoimento do Dr. Valeixo afasta a falsidade ideológica, que havia sido ventilada, pela publicação no Diário Oficial. Mas o depoimento foi além, pois o Delegado foi categórico ao assegurar que jamais houve interferência do Presidente em investigações”, escreveu a deputada nas redes sociais.

Janaína Paschoal, que saiu em defesa do ex-ministro Sergio Moro no dia em que ele pediu demissão, afirmou que Moro não mentiu, mas que “qualquer pessoa minimamente conhecedora do Direito Penal dirá que não houve crime”.

Yahoo Notícias

Postar um comentário

0 Comentários