Pai mata a filha, atira no filho e comete suicídio por vingança


Ana Maria Soares Diniz, 4, foi morta a tiros pelo próprio pai, na noite de segunda-feira (2), na cidade de Canarana (823 km ao Leste de Cuiabá). O homem, identificado como Lucas Diniz da Silva, 27, ainda atirou contra o filho de 3 anos e em seguida cometeu suicídio. O crime foi uma vingança contra a mãe das crianças, ex-mulher dele, que o denunciou por violência doméstica.

 De acordo com as informações, Lucas estava preso após ser denunciado pelo crime de violência doméstica. Quando foi solto, ameaçou vingança contra a ex-mulher.
 
No começo da noite de segunda-feira, ele foi até a casa da sogra e pediu para ficar com os filhos, disse que os levaria para dormir na sua casa. A mãe das crianças estava em Água Boa e passou a receber mensagens ameaçadoras do homem.
 
Em uma delas, ele dizia que iria ‘se vingar de uma forma terrível’ e também ameaçou matar a mulher, enviando fotos da arma de fogo calibre 38. A mulher ligou para a mãe, que acionou a Polícia Militar. 
 
Quando os policiais chegaram no endereço, encontraram a avô das crianças aos prantos, segundo ela, tiros foram ouvidos dentro da residência. Quandoa a PM entrou, encontrou uma cena chocante. As duas crianças estavam baleadas ao lado do pai. Todos com ferimentos de tiro na cabeça.

A pequena Ana Maria e seu irmão ainda apresentavam sinais vitais, foram socorridos e encaminhados para o Hospital Municipal. Lucas já estava sem vida.
 
O local do crime foi isolado para a chegada da Perícia Oficial e Polícia Civil. A arma calibre 38 usada foi recolhida e entregue aos peritos, bem como 3 munições deflagradas.

Enquanto faziam o isolamento da casa, os policiais receberam informações da equipe médica, relatando que Ana Maria não resistiu e acabou morrendo. Já o irmão dela está em estado grave e foi transferido para a cidade de Água Boa. O caso foi registrado e será investigado pela Polícia Civil. O crime chocou a cidade.


Postar um comentário

0 Comentários