Sindicatos acusam Fátima Bezerra de Trair discurso de apoio aos Trabalhadores, e dizem que reforma da previdência petista é pior que a de Bolsonaro


Diversas entidades sindicais se reuniram em frente a assembleia legislativa do estado para protestar contra a reforma da previdência estadual, apresentada pela governadora do estado Fátima Bezerra, para diversos líderes sindicais a reforma do regime especial estadual, é leviana e leva os servidores públicos a perdas de direito, que outrora seriam tão combatidas pelas petista.

Ainda há quem defenda que a reforma apresentada por Fátima apresenta-se ainda pior que a reforma previdenciária do INSS, aprovada pelo governo Jair Bolsonaro. 

Entre as maldades apresentadas pelos sindicatos, a principal reinvindicação é no tocante as alíquotas da contribuição. 

De acordo com a nova proposta divulgada na sexta passada (31), as alíquotas serão:
Ativos
  • Desconto de 12% para quem ganha até R$ 2.500,00
  • Desconto de 14% para quem ganha entre R$ 2.500,01 e R$ 5.000.00
  • Desconto de 16,5% para quem ganha entre R$ 5.000.01 e R$ 10.000,00
  • Desconto de 18,5% para quem ganha acima de R$ 10.000,00
Aposentados
  • Quem recebe até R$ 2.500,00 não terá desconto
  • Desconto de 14% para quem ganha entre R$ 2.500,01 e R$ 5.000.00
  • Desconto de 16,5% para quem ganha entre R$ 5.000.01 e R$ 10.000,00
  • Desconto de 18,5% para quem ganha acima de R$ 10.000,00

Postar um comentário

0 Comentários